Quem Somos

Fases de Implantação

A implantação do Programa Aliança na empresa parceira ocorre por meio das fases descritas no fluxograma abaixo.

  • Fase 1.1 – Nesta fase ocorre a formalização do interesse por parte da empresa, seguida pela adesão e reserva de vaga.
  • Fase 1.2 – Uma vez confirmado o interesse da empresa na fase 1.1, a próxima etapa se dá pela assinatura do acordo voluntário por parte da empresa e a preparação para implantação efetiva do programa. Nesta preparação são assinados os acordos de confidencialidade para resguardar a empresa em relação às informações trocadas com os especialistas do Programa Aliança ao longo das fases 2.1 e 2.2.
  • Fase 2.1 – Onde ocorre todo levantamento dos potenciais de ganho da empresa por meio da identificação dos maiores consumidores energéticos na planta seguida da modelagem e otimização dos processos para mitigar ações de redução energética. No âmbito de águas e efluentes, diversas ações mitigatórias são realizadas para aproveitamento hídrico, adequação ambiental e melhoria de processos.
  • Semana de Eficiência Energética – É o evento que marca o final da fase 2.1 e tem por finalidade apresentar aos membros da empresa os potenciais de ganho levantados e validados com a equipe técnica da empresa ao longo dos 3 meses de trabalho.
    Trinta dias após esse evento é entregue para a empresa um relatório técnico detalhado com todas as modelagens e ações mitigadas ao longo da fase 2.1. Após a entrega desse relatório a empresa tem trinta dias para avaliá-lo e após este período, ocorre outro evento chamado de Seminário Cultural.
    Esse evento visa definir quais serão as ações que serão priorizadas para o início da Fase 2.2, por meio da construção de um painel de gestão.
  • Fase2.2 – Com duração de 21 meses, esta fase visa a implementação das ações levantadas ao longo da fase 2.1 e priorizadas no painel de gestão construído no seminário cultural.