Ferramentas

Aspen

O Aspen Plus™ é um dos simuladores de processo mais utilizados na resolução de problemas da engenharia, não apenas pela confiabilidade na representação dos dados, mas por sua versatilidade em lidar com uma gama de processos químicos. A potencialidade deste software permite que o usuário seja capaz de predizer o comportamento de um dado processo utilizando equações matemáticas atrelada à balanços de massa e energia.

O Aspen Plus™ é um simulador em estado estacionário que possui um vasto e completo banco de dados, o qual utiliza equações de balanço de massa e energia, propriedades termodinâmicas, cinética química, equilíbrio de fases, informações de componentes e reações – entre outros – para representar e resolver grande parte dos problemas críticos de engenharia, bem como os distúrbios operacionais que possam surgir durante o ciclo de um processo químico. Além disso, esse software possibilita projetar, equacionar e dimensionar novos sistemas, ao passo que também é possível adicionar variáveis que não estejam inseridas em seu banco de dados, através da inclusão de suas propriedades.

Esta ferramenta possui uma interface gráfica usuário (IGU) que permite ao usuário visualizar todas as etapas do processo, o que propicia uma melhor compreensão e análise mais detalhada. O simulador dispõe de um grande número de modelos de propriedades físicas, dados e métodos de estimativa que cobrem grande parte dos sistemas de comportamento simples e ideal, além de representar muito bem o comportamento de misturas não ideais. Além disso, o usuário pode realizar análises de sensibilidade, as quais dispõem tabelas e gráficos que descrevem o comportamento do processo a partir de modificações feitas nas especificações dos equipamentos e/ou nas condições operacionais.

Uma das maiores características do Aspen Plus é possibilitar ao usuário responder questões em um curto espaço de tempo e pouco esforço computacional. A resolução do fluxograma acontece no modo sequencial modular, ou seja, cada bloco é resolvido por vez (balanços de massa e energia), de forma que, a saída (resultados) de um bloco será a entrada (dados) do outro. O simulador deve receber as informações necessárias sobre o fluxograma para realizar os cálculos usando modelos matemáticos que estão embutidos em cada bloco. A quantidade de informações necessárias para especificação de cada bloco é fundamental para permitir que uma simulação seja executada e o número dessas informações depende dos graus de liberdade de cada bloco.

De modo análogo, o Aspen Dynamics eleva a modelagem de um dado processo do nível estacionário ao nível dinâmico, permitindo criar um ambiente de simulação seguro e confiável, com análises mais elaboradas sobre o comportamento do sistema. As simulações em estado estacionário realizadas no Aspen Plus podem ser exportadas para o Aspen Dynamics, de modo que é possível executar cenários de emergência, avaliar procedimentos de inicialização e desligamento de equipamentos, implantar sistemas de controle, entre outros.

O Aspen Dynamics, assim como o Aspen Plus, conta com o Aspen Properties, visto como um dos bancos de dados mais abrangentes do mundo. Como resultado, tem-se a capacidade de lidar com inúmeros tipos de processos, além de contar com uma grande biblioteca de operações unitárias para equipamentos de processos e controladores. Além disso, este simulador conta com recursos avançados que permitem ao usuário otimizar e estimar o ajuste de parâmetros do processo, bem como a reconciliação de dados e a otimização dinâmica.